A Chapada Diamantina pertence ao estado da Bahia, é uma região de serras que constitui um parque nacional protegido.

Além da vegetação exuberante, cachoeiras e rios a região possui uma serie de atrativos ao turista que procura diversão e contato com a natureza.

Neste artigo vamos trazer oito lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro da Chapada Diamantina, acompanhe os tópicos seguintes.

  1. Grutas

Ir até a Chapada requer tempo para conhecer tanto lugares legais como as grutas, por exemplo.

-Gruta Lapa Doce: para visitar essa e outras grutas é necessário acompanhamento especializado do guia local e o uso dos equipamentos de segurança. Antes de chegar ao destino os visitantes passam por uma trilha que leva a entrada da gruta. Lá dentro tem incontáveis estalactites e estalagmites que impressionam os turistas.

-Gruta da Pratinha: a gruta azul requer equipamento de mergulho além do equipamento de segurança. O percurso de entrada pela água leva cerca de 40 minutos. A gruta tem aparência paradisíaca e visita-la vai ser uma experiencia única.

Existem outras grutas algumas próximas e outras mais distanciadas, mas todas com belezas particulares.

  1. Cachoeira poço do Diabo

Com apenas 15 minutos de caminha é possível ter acesso ao local. Além da exuberante vista a cachoeira também é indicada a quem é fã de aventuras, como tirolesa e rapel.

  1. Cachoeira dos mosquitos

Situada próxima a Serra das Paridas e rodeadas de sítios arqueológicos a cachoeira não fica muito distância. Em meio a vegetação local a cachoeira destaca-se.

A queda d’água é de 70m de altura e o acesso é fácil e você pode disfrutar de uma experiencia incrível em meio a natureza.

  1. Cidade de Lençóis

É considerada a porta de entrada para a Chapada Diamantina e uma de suas maiores atrações é o centro histórico da cidade que preserva a época da extração de diamantes no século 19. A cidade que chama a atenção por suas cores vivas e se mantem principalmente a partir do turismo.

Separamos algumas promoções aéreas para esse destino no final do artigo.

  1. Galeria Arte & Memória

Situada no povoado de Igatu, próximo a Chapada a galeria funciona um museu a céu aberto que reúne artigos que eram usados pelos garimpeiros entre os anos 30 e 50. Fotografias e demais artefatos também contribuem com a riqueza da galeria.

Portanto se você deseja conhecer a Chapada Diamantina inclua a Galeria Arte & Memória em seu destino e conheça parte da história da região.

  1. Cemitério Bizantino

Pode parecer um pouco assustador incluir cemitério em seus passeios turísticos, porém o cemitério Bizantino é datado do século 19. O local chama atenção por conta de suas lápides brancas que imitam as igrejas católicas.

O nome Bizantino vem dos compradores de diamantes que eram de origem turca e residiam na região. Os túmulos pertencem as vítimas de cólera e varíola doenças que atingiram o lugar no século 19.

  1. Poço Azul

Trata-se do interior de uma gruta onde águas são cristalinas e em determinados períodos do ano a luz solar penetra pelas fendas da caverna proporcionando a cor azul a água.

Em alguns trechos a profundidade pode chegar a 60 metros, mas a transparências permite enxergar nitidamente as rochas no fundo da água.

Com 40 metros de extensão é permitida a flutuação no local e o turista deve estar acompanhado dos guias turísticos. É considerado o maior sitio arqueológico submerso do Brasil.

  1. Poço encantado

Se gostou de conhecer um pouco sobre o Poço Azul saiba que o Poço Encantado é bastante semelhante, porém maior. São 98 metros de comprimento e cerca de 49 metros de largura. Não é permitido banhar-se nas águas do poço, mas a paisagem e a atmosfera do local valem a pena ser vista.

Vale ressaltar que antes de entrar no poço encantado ou no poço azul é obrigatório banhar-se em uma ducha para que resíduos de cremes e protetor solar não entrar em contato com a água.

Valores dos passeios

Grande parte dos passeios da Chapada Diamantina, por conta de serem atrativos turísticos, possuem uma taxa de visitação. Essa taxa é referente a possíveis manutenções e auxiliam a manter preservados os belos locais.

-Grutas: varia entre R$30,00 e R$80, 00

-Cachoeira Poço do Diabo: a entrada é gratuita, mas o guia turístico pode variar entre R$150,00 a R$200,00

-Cachoeira dos Mosquitos: A partir de R$15,00 pois fica em uma fazenda particular

-Cidade de Lençóis: Gratuito

-Galeria Arte & Memória: Não consta

-Cemitério Bizantino: Gratuito

-Poço Azul: R$30,00 com equipamento de flutuação

-Poço Encantado: R$ 30,00 por pessoa

Esses são os valores levantados pela nossa equipe, pode haver variação de acordo com a época do ano ou agência turística contratada.

Agências que realizam os passeios pela Chapada Diamantina

Essas são as principais agencias da Chapada Diamantina, através delas os turistas podem montar um pacote com os locais que pretende conhecer.

Chapada Adventure – Lençóis

Chapada Soul – Lençóis

Chapada Trekking Montanhismo – Lençóis

Diamantina Trip – Lençóis

Extreme Eco Adventure – Lençóis

Fora da Trilha – Lençóis

Gantuá – Mucugê

Nas Alturas – Lençóis

Natureza Insight – Mucugê

Tatu na Trilha – Vale do Capão

Terra Chapada – Lençóis

Volta ao Parque Ecoturismo – Lençóis

Venturas – Lençóis

Via Pati – Vale do Capão

Zen Tur – Lençóis

Outras aventuras na Chapada Diamantina

Citamos no texto somente oito atrativos turísticos, mas existem muito mais locais para conhecer na Chapada Diamantina e também aventuras como rapel, trilhas, escaladas e muito mais.

A Chapada tem atrativos variados que agradam a todas as pessoas. Além da beleza inconfundível e o “jeitinho” que só os Baianos tem para atender.

Passagens aéreas

Para quem deseja conhecer as belezas da Chapada Diamantina separamos alguns links com passagens aéreas promocionais para esse destino. Entre no link, informe as datas de chegada e partida e no campo destino escreva Chapada Diamantina.